1/8

[COMPLEXO

MULTIUSO]

A partir da demanda do cliente, respeitando e entendendo o uso já existente e os usuários, foi criado um complexo multiuso que pudesse atender a região de Santa Cruz da Serra.

O espaço que já contemplava campo de futebol, vestiários e churrasqueira, necessitou uma transformação completa para receber maior capacidade de pessoas e unir o novo programa solicitado: um espaço para eventos, piscina e áreas livres.

A ideia para atender ao programa híbrido dentro de um único terreno,  foi agrupar as construções de acordo com sua natureza, criando uma separação entre os ambientes públicos, permeáveis e restritos.

O terreno em questão tem acesso por duas ruas, uma de maior circulação e outra sem saída, de pouco fluxo. Optamos no projeto em colocar a entrada principal pela rua com maior visibilidade e mais fácil acesso, enquanto que a outra entrada ficou destinada ao acesso de serviço. 

O primeiro contato com o interior do complexo é uma área livre projetada para ser uma zona de transição, permitindo um percurso com a sensação de pausa e distanciamento do meio urbano. Essa é destinada a espaços de lazer e permanência para quem deseja assistir os jogos no campo. Ao final dela chegamos a um vazio, uma “praça” articuladora, que é o ponto de distribuição e conexão de todos os programas.

O espaço de eventos é a construção de maior imponência do complexo e por isso é a primeira visada do usuário quando atravessa o espaço de transição.

Este interage de forma direta no térreo, se abrindo e podendo estender seu uso para a "praça", se conectando com a churrasqueira/bar e vestiários/banheiros. Ao mesmo tempo seu mezanino, que se estende para o espaço externo, serve de cobertura e abrigo para estes ambientes.
A piscina está localizada no entre-piso para ser um limitador de segurança e ao mesmo tempo 
estar implantada no local de maior insolação. Ela também se conecta ao segundo andar, sendo elemento de transição entre o térreo e o grande deck descoberto que se forma através da cobertura.


O espaço de eventos foi pensado como pavilhão devido sua construção leve, rápida e que serve de abrigo para as pessoas. A escolha por trabalhar em estrutura metálica e telhas termo acústicas nas vedações e cobertura, fazem referência a antiga construção  existente no local, além de atender o pedido do cliente em realizar uma obra mais limpa e rápida.

Para criar relação entre o interior e o exterior e permitir a entrada de iluminação e ventilação cruzada, propomos fechamentos em policarbonato translúcido em alguns pontos específicos das fachadas. Na fachada oeste foi proposta a utilização de brises verticais para proteção da incidência solar. 
 

Projeto

Pavilhão de 

Eventos

Local

Santa Cruz da Serra, RJ

Ano do projeto

2018